domingo, 20 de janeiro de 2019

Rocha Alazão


Rocha Alazão

À saída de um espetáculo Henrique Rocha, o “Rocha Alazão”, como era vulgarmente conhecido, por causa de umas manchas que tinha no rosto, aproximou-se de Emílio de Menezes e pediu-lhe 400 réis para a passagem do bonde.

— Que é isto, Rocha, que é isto? — estranhou o poeta.

E logo, batendo no ombro do amigo:

— Então tu lates lá dentro e vens morder cá fora?


---
A Cruz, 30 de agosto de 1953.

Pesquisa e ajuste ortográfico: Iba Mendes (2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...