terça-feira, 17 de abril de 2012

Escárnio


Escárnio

Ele se achava tão inteligente,
tão nobre em seus atos,

tão sagaz em sua função,
que mal notou o riso de escárnio
do seu próprio eco na imensidão.

---
Por:
Iba Mendes (abril de 2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário