segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

O macaco e a cabaça (Conto), de Sílvio Romero


O macaco e a cabaça
(Contos populares do Brasil – Sergipe)

Pesquisa e atualização ortográfica: Iba Mendes (2017)

---

O macaco se intrigou com a onça e andava com medo dela. Ora havia uma festa em certa parte, e o macaco para lá ir tinha que passar em casa da onça. Então ideou um meio de ir à festa sem ser visto pela onça. Então meteu-se dentro de uma cabaça grande e dava certo impulso e assim andava.

Passando em casa do cágado, este acreditou ser um bicho novo.

Conversaram, e despediu-se o macaco. Na saída disse:

Anda, cabaça,
Que nunca andaste.
Sexta, sábado,
Domingo, segunda...
Mas, como quiseram,
Em bicho viraste.

Assim foi andando e passou por casa da onça, e viu a festa e nada sofreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...