sábado, 13 de janeiro de 2018

Passarão...


Passarão...

O seu grito,
o seu ódio,
o seu rancor:
passarão...

o seu tédio,
a sua culpa,
A sua dor:
passarão...

O seu gozo,
o seu mérito,
o seu tudo:
passarão...

O seu silêncio,
o seu choro,
o seu nada:
passarão...

Passarão...
como se move o vento.
Passarão...
como se evapora a neblina.
Passarão...
como se dissipa a sombra.
Passarão...
como o passarinho e como Mário Quintana.


---
Por: Iba Mendes (Janeiro, 2018)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...