sábado, 19 de janeiro de 2019

Cozinheira (Emilianas)



Cozinheira


Uma vez foi um amigo à casa do Emílio de Menezes e viu em cima do aparador um exemplar da revista "Careta”, velho de muitos meses e já bastante manuseado.

— Para que guarda você este número velho da “Careta?”

— É o número que eu empresto à cozinheira no domingo, para se divertir.

— Mas ela não se aborrece de ler sempre a mesma coisa?

— Não. O fascículo é o mesmo, mas a cozinheira é que sempre varia.


---
Revista Careta,  12 de fevereiro de 1921.
Pesquisa e adaptação ortográfica: Iba Mendes (2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...