sábado, 19 de janeiro de 2019

Indigestão (Emilianas)



Indigestão


O Emílio de Menezes jantava num restaurante. Depois de uma peixada com molho de camarão, ostras e vários acompanhamentos gordurosos, o garçom perguntou:

— Que há de vir agora?

— Parece-me que uma indigestão; respondeu o poeta, limpando os bigodes com o guardanapo.


---
Revista Careta, 28 de novembro de 1914
Pesquisa e adequação ortográfica: Iba Mendes (2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...