sábado, 12 de janeiro de 2019

Na Ribeira (Trovas Portuguesas, 1905)


Na Ribeira
(Trovas Portuguesas, 1905)

Ó moças andem ligeiras,
Vão pedir a Santo Antônio,
Que as ponha todas em linha
No livro do matrimônio.

Ó moças, querem noivos,
Vão esta noite à Ribeira,
Que os moços em honra ao santo
Vão armar uma fogueira.

Santo Antônio anima os mortos,
E dá saúde aos doentes;
Não é muito que despache
Mil sadios pretendentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...