domingo, 21 de janeiro de 2018

O novo Ícaro

O novo Ícaro


Desde que aprendeu voar,
ele tornou-se tão só...
perdeu-se assim no abismo:
encheu-se do seu tudo
e se deixou prender no seu nada...

Desde que alçou às alturas,
ele encheu-se de glória...
desfez-se assim como um Ícaro:
evaporou-se no seu próprio ego
e se aniquilou, como massa amorfa, na história. 


---
Por: Iba Mendes (Janeiro, 2018)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...