terça-feira, 7 de agosto de 2018

Fernando Sabino – Aspectos Biográficos


Fernando Sabino – Aspectos Biográficos

Adernando Tavares Sabino nasceu em Belo Horizonte, a 12 de outubro de 1923. Fez os estudos primários no "Grupo Escolar Afonso Pena", os secundários no "Ginásio Mineiro", e o superior, parte na Faculdade de Direito de Belo Horizonte, parte na Faculdade Nacional de Direito do Rio de Janeiro, onde se formou.

Passando a colaborar desde os 12 anos de idade em revistas e jornais, Fernando Sabino iniciou sua carreira nas letras vencendo um concurso de crônicas radiofônicas. Aos 17, publicou o primeiro livro, um volume de contos hoje renegado — "Os Grilos Não Cantam Mais". De 1944 é a excelente novela "A Marca", revelação de um inegável talento de ficcionista. Tendo vivido durante dois anos nos Estados Unidos, escreveu de lá saborosas crônicas para os jornais cariocas, reunidas em 1950 no volume "A Cidade Vazia". Retornando à ficção, publica em 1952 "A Vida Real", novelas de primeira qualidade que, no entanto, passaram mais ou menos despercebidas da crítica e dos leitores. Sua bibliografia é completada com um curioso "caderno" — "Lugares Comuns" — (1954), e com o romance "O Encontro Marcado", que o consagraria como um dos nossos grandes Acionistas. Romance denso, forte, afirmação de prosador admirável, seguro da sua arte, dono de um diálogo vivo, original. Fernando Sabino mostrou ter encontrado, com esse livro, o caminho onde melhor poderá dar largas ao seu grande poder criador (1959).


---
Fonte:
O Conto Mineiro. Seleção e notas de: Edgard Cavalheiro. Editora Civilização Brasileira. Rio de Janeiro, 1959, págs. 313-314.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...