terça-feira, 7 de agosto de 2018

José de Alencar - Aspectos Biográficos


José de Alencar -  Aspectos Biográficos

José Martiniano de Alencar nasceu em 1829 em Mecejana (Ceará) e faleceu em 1877 no Rio de Janeiro. Bacharelou-se em Direito pela Faculdade de São Paulo e foi residir no Rio. Praticou a advocacia, exerceu relevantes cargos públicos e políticos.

Dedicou-se à literatura e ao jornalismo. É considerado um dos maiores vultos e um dos principais romancistas da literatura brasileira.

De sua numerosa bibliografia, o maior destaque cabe à ficção que abrange quatro categorias de romance: o indianista, o histórico, o urbano e o regionalista, abarcando um vasto painel de determinado tempo social brasileiro. A ficção alencariana, como expressão dos sentimentos nacionalistas, realizando transfigurações de lendas e tradições, está no indianismo, em que exalta o nativo como símbolo e mito.

Romancista, crítico, teatrólogo, polemista, publicista, poeta, a obra de Alencar é vasta e rica.

Romances: Cinco Minutos (1856), O Guarani (1857), Viuvinha (1860), Lucíola (1862), As Minas de Prata, Diva (1864), Iracema (1865), O Gaúcho, A Pata da Gazela (1870), Sonhos D'Ouro, Til (1872), Alfarrábios (1873), A Guerra dos Mascates (187374), Ubirajara (1874), Senhora, O Sertanejo (1875), Encarnação (1893), Teatro: O Demônio Familiar, Verso e Reverso, As Asas de Um Anjo, Mãe, O Jesuíta.


---
Fonte:
O Tronco do Ipê, por: José de Alencar. Editora Saraiva. São Paulo, 1972.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...