terça-feira, 7 de agosto de 2018

Aluísio Azevedo – Aspectos Biográficos


Aluísio Azevedo – Aspectos Biográficos

No dia 14 de abril de 1857 nasce em São Luís, no Maranhão, Aluísio Tancredo Gonçalves de Azevedo, que viria a se transformar no maior escritor naturalista brasileiro. Tendo realizado seus primeiros estudos em sua cidade natal, é enviado mais tarde à Corte, onde ingressa na Academia Imperial de Belas-Artes. Encontrando seu irmão, Artur Azevedo, que já então colaborava na imprensa, consegue, em 1876, publicar suas primeiras caricaturas em O Fígaro, consagrando-se com a charge Os Trinta Botões, uma sátira ao artista Rafael Bordalo Pinheiro. Em 1878 retorna ao Maranhão, motivado pela morte do pai, e no ano seguinte, abandonando a pena de caricaturista, inicia sua carreira de escritor com o romance Uma Lágrima de Mulher. Após o lançamento dos jornais O Pensador e A Pacotilha, quando as reações se fazem sentir pelo caráter satírico das publicações, aparece O Mulato, livro que causa grandes debates. Em 1882 sai, sob forma de folhetim, em A Gazetinha, o romance Memórias de um Condenado, mais tarde intitulado A Condessa Vésper. Neste mesmo ano a Folha Nova inicia a publicação do romance-folhetim Mistérios da Tijuca. Intensifica-se então o trabalho criador de Aluísio, que culminará com o lançamento, em 1890, de O Cortiço, sua obra-prima e que lhe concedeu o título de Papa do Naturalismo no Brasil.

Em 1883 publica, em rodapé da Folha Nova, a obra Casa de Pensão, e no ano seguinte, O Coruja.

A Mortalha de Alzira surge logo após, precedida por várias peças para teatro. Em 1895 aparece seu último romance: Livro de Uma Sogra. Nomeado a 30 de dezembro do mesmo ano vice-cônsul em Vigo, para de escrever, dedicando-se então à diplomacia. Eleito em 1897 para a Academia Brasileira de Letras, morre em Buenos Aires a 21 de janeiro de 1913.


---
Fonte:
Uma Lágrima de Mulher, por: Aluísio Azevedo. Editora Tecnoprint. Rio de Janeiro, s/d, págs. 1-2.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...