quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Motivos, de Rabindranath Tagore (Poema Traduzido)



Autor:  Rabindranath Tagore
Tradutor desconhecido (Revista Excelsior)
Ano: 1931.
Motivos

— Por que se apagou a lâmpada?

— Eu a cobri com o manto para a abrigar do mau vento: por isto é que se apagou.

— Por que emurcheceu a flor?

— Premi-a contra o meu peito, nas ânsias do meu amor: por isto é que emurcheceu.

— Por que secou a corrente?

— Pus-lhe um dique, para que a mim — e a mais ninguém, servisse: por isto é que ela secou.

— Por que estalou a corda da harpa?

— Tentei arrancar uma nota alta demais para a sua escala harmônica: por isto é que ela estalou.

---
Pesquisa, transcrição e adaptação ortográfica: Iba Mendes (2018)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...