sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

"Obediência" (Humor de Outrora)


OBEDIÊNCIA

— Oh, Maria, vais à cidade e compra um vidro de perfume, mas só dês dez mil réis.

A empregada obediente saiu e foi efetuar a compra. O caixeiro apresenta-lhe a mercadoria solicitada e ela então pergunta:

— Quanto custa?

— Oito mil réis, responde o caixeiro.

— Não posso levar. A patroa disse que eu só desse dez mil réis.


Revista “O Riso”, 1911.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...