sábado, 19 de janeiro de 2019

Gêmeos (Emilianas)



Gêmeos


Um sujeito intrometido aproximou-se de uma roda onde se achava o Emílio de Menezes, e começou a tagarelar e a interrogar a torto e a direito.

A certo momento ele perguntou ao Emílio.

— O senhor como se chama?

— Pedro ou Paulo. Não estou bem certo.

— Não está certo? Como assim?

— Eu lhe explico. Nós éramos irmãos gêmeos. Um chamava-se Pedro e o outro Paulo. Éramos perfeitamente iguais um ao outro. Quando estávamos no colégio, um de nós morreu, e nunca se pôde apurar bem qual de nós dois era. De modo que ficou até hoje esta dúvida.


---
Revista Careta,  22 de novembro de 1919.
Pesquisa e adaptação ortográfica: Iba Mendes (2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...