sábado, 12 de janeiro de 2019

Moreninha, moreninha (Trovas, 1907)



Moreninha, moreninha
(1907)

Uma rosa em tom magoado
Me disse ter um desgosto,
Só porque nasceu no prado
E não nasceu no teu rosto.

Moreninha, moreninha,
Morangal dos meus desejos,
A tua boca é a cestinha
E os morangos são meus beijos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...