domingo, 20 de janeiro de 2019

Perna curta (Emilianas)


Perna curta

Por ocasião do ataque do Correio da Manhã à empresa de carnes verdes da capital federal, esta instituiu seus advogados para responsabilizar o jornal, os senhores Ulisses Viana e Asclepíades Jambeiro. Este último, que foi o que mais se empenhou na defesa, tinha por obra da natureza, uma das pernas mais curta que a outra e por isso mancava ao andar.

Eis a sátira do Emílio contra ele:


Para o teu nome a fórmula sintética
Vou fazer, ó de Ulisses companheiro,
Sem fugir às leis clássicas da estética
E partindo da análise primeiro.

Tiraste os quatro pés (isto é dialética)
Do verso asclepiadeu e, prazenteiro,
Ao jâmbico emprestando rima poética,
Eis-te agora Asclepíades Jambeiro.

Dos quatro pés ficou-te a inteligência
Pois é nela que mora o asclepiadeu,
Diverso apenas pela desinência.

Da alma ao corpo a tua métrica desceu
E, conforme as leis da arte e as leis da ciência,
Dáctilo tens um pé e outro espondeu.


---
O Paraná, 12 de agosto de 1911.
Pesquisa e adequação ortográfica: Iba Mendes (2019_

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...