sexta-feira, 5 de julho de 2019

Os adesivos (Conto), de Brito Camacho



Os adesivos
Por via de regra não ia à repartição, e quando ia, uma vez por acaso, era só para se informar, junto do contínuo, se havia alguma novidade.
Naquele dia, como se mostrasse incerto o triunfo, não fosse o diabo tecê-las, abalou de casa ainda não eram dez horas, fazendo o chemin des écoliers, para evitar maus encontros. O fogo continuava nutrido entre a Rotunda e o Rocio, e já os navios revoltosos seguiam rio acima, no propósito de fazerem um desembarque de marinheiros, se fosse necessário.
Quando entrou no seu gabinete, a fisionomia um pouco transtornada, teve a impressão de que tudo aquilo era um sonho mau, o pesadelo de uma noite mal dormida, após uma jantarada farta.
— Tudo perdido Sr. conselheiro?
Olhou o contínuo, como se quisesse fulminai-o com os olhos, mas reteve o seu impulso de cólera, e fazendo cair a cinza do charuto com a ponta da bengala, desdenhoso e compadecido:
— És um imbecil! três regimentos marcham sobre Lisboa, vindos do norte, e ao mesmo tempo que eles, chegará a artilharia de Vendas Novas. Vais ver — nem a alma se aproveitará, dessa canalha.
No dia seguinte, muito antes da hora a que os contínuos chegam às suas repartições, para o serviço da limpeza e arrumação, as tropas monárquicas rendiam-se, e a República era proclamada da varanda dos Paços do Concelho. Logo a nova corre, levada a todos os recantos da cidade pelas mil vozes anônimas que anunciam os grandes triunfos e as grandes calamidades.
Aí por volta das onze horas, o Sr. conselheiro entrou na repartição, o ar jubiloso, como se lhe tivesse sabido a sorte grande de Espanha.
— Cá temos, afinal, a República, Sr. conselheiro?
Olhou para o contínuo com severidade, e falando mais para um pequeno grupo de patriotas, quase andrajosos, que ali estava como que de sentinela, do que para o pobre José, toda a vida republicana:
— És um imbecil! Querias talvez que continuasse o deboche monárquico, cada qual roubando para seu lado e o país a afundar-se num mar de vergonhas?
E como fosse grande o jubilo que lhe inundava a alma, pegando no chapéu e na bengala, foi de corrida à Câmara Municipal felicitar o Governo.

---
Pesquisa, transcrição e adaptação ortográfica: Iba Mendes (2019)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...