sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

"O nariz" (Humor de Outrora)



O NARIZ

Um cavalheiro que tinha o infortúnio de possuir um formidável nariz, conseguiu, certa vez num baile estabelecer uma conversação com uma dama finissimamente elegante e muito bem-humorada, a quem vivia cortejando.

Radiante com a oportunidade feliz que lhe deparava, o cavalheiro principiou o galanteio com coragem:

 — A senhorita vai perdoar-me, mas... eu tenho que lhe falar sobre uma coisa muito comprida...

A dama que não suportava o seu interlocutor, não perdeu a calma e, galhofeiramente, respondeu a queima-roupa:


— Ah! Já sei: o senhor vai falar-me do seu nariz, não é?...

Jornal “O Estado”, 1936.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...