terça-feira, 26 de abril de 2022

Virgílio Várzea - Índice do Autor

 



CONTO

A “Canção das Gaivotas”
A Bandeira
À beira-mar
A bordo do “Livádia”
A bordo do Steamer
A cabra-cega
A chuva
A filha do faroleiro
A gaivota azul
A Héctica
À luz das estrelas
A morte do domador
A noiva do Paladino
A pesca das tainhas
A primeira entrevista
A sonata do luar
A última fornada
A vela dos náufragos
A volta ao lar
A volta das velas
Abandonado
Ano-Bom
Às Ave-Marias
Canção eslava
Conto de Natal
Durante o bombardeio
Em busca de ouro
Em viagem
Enterro no sítio
Flor do mar
Galáxia
Galé da dor
História duma gaivota
História rústica
Idílio no mar
Manhã na roça
Mar de rosas
Mar grosso
Marinaro
Mártir cristã
Marujos
Milagre de Maio
Miragem oceânica
Miss Sarah
Na Bretanha
Na ilhota
Na roça
Natal
Natal a bordo
Natal no mar
Nerah
No caminho da fonte
No literal catarinense
No mar
No mar do ouro
No meu sítio Natal
Núpcias marinhas
O alemão doido
O amor de Garibaldi
O André Canoeiro
O chimpanzé marinheiro
O dia de São João
O mar
O mestre de redes
O molho de lenha
O Navio Negreiro
O noivado
O Palácio do Rei Luís
O pequeno a bordo
O pescador de esponja
O velho couraçado
O velho professor
O velho Sumares
Os bois xucros
Página simples
Painel medieval
Pássaros marinhos
Poente
Por um caminho de arraial
Romance de um rapaz
Rose-Castle
Separação
Sol de outrora
Supremo adeus
Terrível blasfêmia
Tribunal
Tristão e Isolda
Triste carta
Tzar
Última lembrança
Velada
Velha paixão
Wolf o nadador


---
TEXTOS RELACIONADOS

Nas ondas com Virgílio Várzea
Sobre "Mares e Campos"
Virgílio Várzea e as novas gerações
Virgílio Várzea, o poeta do mar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...