domingo, 24 de abril de 2022

Monteiro Lobato - Índice do Autor

 

CONTOS

A "Cruz de Ouro"
A facada imortal
A inteligência feminina
A morte do Camicego
Anta que berra
A nuvem de gafanhotos
A policitemia de Dona Lindoca
A Vida em Oblivion
A vingança da peroba
As fitas da Vida
Bocatorta
Bucólica
Bugio moqueado
Cabelos compridos
Café! Café!
Cavalinhos
Cidades mortas
Colcha de retalhos
De como quebrei a cabeça à mulher de Melo
Dona Expedita
Duas cavalgaduras
Em Casa de Fídias
Era no Paraíso...
Fatia de vida
Gens ennuyeux
Herdeiro de si mesmo
Marabá
Meu conto de Maupassant
Negrinha
Noite de São João
O "Resto de Onça"
O avô do Crispim
O bom marido
O caso do tombo
O colocador de pronomes
O comprador de fazendas
O Drama da Geada
O engraçado arrependido
O espião alemão
O estigma
O fígado indiscreto
O Fisco
O jardineiro Timóteo
O luzeiro agrícola
O mata-pau
O pito do reverendo
O plágio
O rapto
O romance do chupim
O suplício de Tântalo
Os faroleiros
Os Negros
Os pequeninos
Os perturbadores do silêncio
Pollice verso
Por que Lopes se casou
"Quero ajudar o Brasil..."
Sorte grande
Toque outra
Tragédia dum Capão de pintos
Um homem de consciência
Um homem honesto
Um suplício moderno
Uma história de ml anos
Urupês
Velha praga
Vidinha ociosa
Zé Brasil

 ---
FÁBULAS, MITOS E CONTOS DE FADAS

A assembleia dos ratos
A Bela Adormecida
A cigarra e as formigas
A coruja e a águia
A cumbuca de ouro
A fonte das três comadres
A Formiga e a Neve
A formiga má
A gralha enfeitada com penas de pavão
A guerra de Troia
A história dos macacos
A Madrasta
A mosca e a formiguinha
A morte e o lenhador
A Moura Torta
A mulher dengosa
A onça e o coelho
A princesa ladrona
A rã e o boi
A rã sábia
A Rainha que saiu do mar
A raposa e o homem
A raposa faminta
A raposa sem rabo
A Raposinha
Barba Azul
Burrice
As duas cachorras
História dos dois ladrões
História dos macacos
João e Maria
João Esperto
Manuel da Bengala
O Bicho Manjaléu
O bom diabo
O burro juiz
O caçula
O cágado na festa do céu
O camponês ingênuo
O carreiro e o papagaio
O cormorão e o eider
O Doutor Botelho
O homem pequeno
O jabuti e a caipora
O Jabuti e o homem
O Jabuti e o jacaré
O jabuti e o lagarto
O Jabuti e os sapinhos
O julgamento da ovelha
O leão, o lobo e a raposa
O macaco, a onça e o veado
O macaco e o aluá
O macaco e o coelho
O macaco e o gato
O pássaro preto
O pastor e o leão
Peixes na floresta
O pinto sura
O pulo do gato
O rabo do macaco
O rato do campo e o rato da cidade
O ratinho, o gato e o galo
O rato orgulhoso
O reformador do mundo
O sabiá e o urubu
O Sargento Verde
O veado e a moita
O veado e o sapo
O velho, o menino e a mulinha
Os dois viajantes na macacolândia
Os carneiros jurados
Os deuses gregos
Pedro Pichorra
Peixes na floresta


---
TEXTOS DIVERSOS DO AUTOR

A coroa de louros
A esperteza da Macedônia
A feminina
A Idade de Ouro
Ainda o segundo tempo
Alexandre o Grande
Amigos do Brasil
A moda futura
As cinco pucelas
As leis de Esparta
A rosa artificial
Autobiografia
Bacillus virgula
Catulo, voz da terra
Doloi stid
Em pleno sonho
Fala Jove
Forças novas
Herói Nacional
Ideias russas
Justiça oxigenada
Krishnamurti
Literatura de cárcere
Manuelita Rosas
Novo Gulliver
O bocejo da leoa
O conto do petróleo
O drama do brio
O grande mal: a pobreza
O hipogrifo
O inimigo
O nosso dualismo
O pátio dos milagres
O perigo de voar
O primeiro livro sobre o Brasil
O segundo tempo
Os gregos brigam entre si
Pérsia vs. Grécia
Plágio post-mortem
Uma opinião de M. Jerôme Coignard
Vatel


---
TEXTOS RELACIONADOS AO AUTOR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sugestão, críticas e outras coisas...